Crowdsourcing: a evolução da inovação

Como você definiria o significado da palavra inovação? O Dicionário do Aurélio diz que inovar é “renovar, criar, inventar”. Com base nessa explicação, entendemos os dois principais atributos da inovação — criar e renovar — e o mundo empresarial aplica essas características nos seus processos criativos.

Inovar é algo tão importante que foi criado no Brasil o Dia da Inovação, comemorado em 19 de outubro. Mas como a inovação evoluiu ao longo da história e como o mundo corporativo a usa para melhorar seu sucesso de gestão? 

Inovação na história

O ser humano sempre precisou criar soluções práticas para atender às suas necessidades diárias ou adaptar-se a novas realidades impostas pela época. Por exemplo: os povos mais antigos necessitavam de instrumentos que os ajudassem a caçar e pescar, dessa forma, muitas ferramentas foram criadas e, à medida que eles as utilizavam, podiam observar maneiras de aprimorá-las.

A partir dessa época, a humanidade continuou criando e melhorando vários dos seus inventos, entre os quais podemos citar a impressão, o motor a vapor, a lâmpada, o carro, etc. Consegue perceber como essas invenções mudaram a maneira como a humanidade vivia?

Grandes mentes inovadoras

Chegando ao século XX, nos deparamos com um mundo fervilhando de ideias inovadoras e, a partir desse período, foi desenvolvida a maior parte das criações humanas. Um exemplo é o avião. Seu criador — Santos Dumont — entregou à humanidade um meio de transporte que, ao longo dos anos, diminuiu a distância entre os países e proporcionou a avanço da economia mundial.

Outra grande inovação dessa época foi criada por Henry Ford. Apenas dizer que ele fundou a empresa Ford — gigante do setor automobilístico — já renderia muitos aplausos, mas Henry Ford foi o pioneiro na fabricação de itens em série. Esse método inovador de produção ficou conhecido como fordismo, uma referência ao homem que ensinou ao mundo um jeito novo de realizar processos.

Ambientes da inovação

A partir daí, o mundo corporativo aprendeu a se reinventar e, para que esse processo fosse contínuo, foram criados os centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D). Que efeitos esses ambientes teriam na inovação? Grandes soluções seriam projetadas e contribuiriam para o desenvolvimento da humanidade!

Um dos mais famosos polos de pesquisa foi o PARC (Palo Alto Research Center) da empresa Xerox. Esse centro de estudos foi o celeiro de criações como a interface gráfica, a impressão a laser, os computadores pessoais e muitas outras. Ainda hoje, esse modelo de inovação é usado por empresas de tecnologia que investem alto no desenvolvimento de novos projetos.

Em seguida, surgiram nos Estados Unidos os ecossistemas da inovação, sendo o parque tecnológico do Vale do Silício um dos mais famosos. O objetivo desses locais é unir alguns segmentos da sociedade — universidades, empresas e investidores — para produzir soluções inovadoras.

Esse modelo de desenvolvimento tem se mostrado tão eficaz que empresas como Intel, Apple, Google e Facebook nasceram em ecossistemas da inovação — e nem é preciso dizer como essas empresas transformaram o universo da tecnologia!

Plataformas abertas contribuem para inovação

A próxima fase da cultura inovadora é embasada em uma criação que revolucionou a nossa sociedade: a internet. Essa ferramenta alavancou o mercado da tecnologia e a humanidade têm alcançado patamares antes só vistos em filmes de ficção científica. Além disso, a rede mundial de computadores fez surgir a próxima geração do mundo inovador: a criação colaborativa.

O que é a criação colaborativa?

Enquanto os outros métodos de inovação são restritos a parcerias fechadas entre empresas e universidades, nesse novo modelo, as corporações olham além dos seus limites internos e trazem para seus produtos ideias ampliadas vindas de diversos colaboradores. Por isso, esse sistema é também conhecido como inovação aberta, colaboração coletiva ou crowdsourcing.

A fim de facilitar a participação colaborativa, foram criadas as plataformas de crowdsourcing — também conhecidas como plataformas abertas. Por meio da internet, esse sistema une parcerias no mundo todo. Corporações que têm políticas voltadas para a inovação rapidamente aderiram ao crowdsourcing. Dentre elas, podemos citar Nestlé, Embraer, 3M e Procter&Gamble.

Como a colaboração coletiva potencializa as inovações?

Imagine o desafio que seria se uma única pessoa resolvesse construir um prédio: o resultado do projeto seria muito limitado. Agora pense no belo prédio que poderia ser construído com a participação de especialistas e de outros interessados em ajudar na iniciativa.

Essa situação hipotética demonstra o que ocorre no crowdsourcing, em que uma empresa que pretende lançar um produto convida colaboradores, que podem ser clientes, universidades, fornecedores, parceiros, etc.. Dessa forma, é possível apresentar projetos que visam melhorar o item que será desenvolvido.

Apontando para o futuro da participação colaborativa, a Conferência Rethink Business 2016 — maior evento crowdsourcing e inovação do Brasil — reunirá executivos e palestrantes do mundo todo, que vão discutir acerca do tema “Sociedade Empreendedora”. Nesse evento, novas pesquisas sobre o futuro da inovação serão abordadas, sinalizando para o mundo empresarial a necessidade de abrir suas portas para ideias externas.

O Dia da Inovação na sua empresa

Agora que você conheceu um pouco da história da inovação, pense em maneiras de incluir essa cultura em sua empresa. Adote uma política mais aberta para ideias inovadoras, aproveitando a tendência da participação colaborativa. Para isso, existem diversas companhias que oferecem plataformas com uma rede eficiente de parceiros que podem dar uma solução ideal para um projeto finalmente ser lançado no mercado.

O crowdsourcing é mais um salto da humanidade e promete mudar ainda mais a maneira como criamos, solucionamos e aplicamos as inovações nas nossas vidas. Por isso, o Dia da Inovação é um lembrete que sua empresa precisa se reinventar a todo o momento para continuar sobrevivendo às mudanças impostas pelo tempo.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo