O desafio de inovar em tempos de crise: 8 casos inspiradores

Não há como negar que estamos em um contexto de crise no Brasil e no mundo. Desde o ano de 2010, uma série de revoluções, mudanças e lutas tem acontecido no cenário nacional e internacional. Sejam essas crises política, financeira, social ou, até mais provavelmente, um pouco de cada uma delas, é perceptível a qualquer pessoa que o momento é singular e requer uma forma de olhar mais crítica e atenta para discernir suas reais causas e, principalmente, as oportunidades que se abrem com elas.

Um momento de crise nada mais é que o instante em que o velho, seja na economia ou na política, se torna insustentável e precisa abrir espaço para o novo, o que vem inovar. Ele também pode ser entendido como o ponto em que o novo irrompe as barreiras impostas pelo antigo, mostrando que é hora de mudar e que é preciso se adaptar às inovações.

Não é sem propósito que muitos consideram que a inovação é a causa das crises, e não sua consequência. Ou seja, os contextos de mudança geram o momento propício para o surgimento do novo, fazendo com que seja preciso tomar decisões súbitas. Seja causa ou consequência, é fato que tempos de crise são, também, tempos de inovação. Apenas aqueles que sabem inovar nesses momentos têm a capacidade de sobreviver a eles e, principalmente, de sair ainda mais fortalecidos.

Se ainda há dúvida de que é possível inovar em tempos de crise, confira os 8 casos de sucesso no post abaixo, que vão te inspirar a ver a possibilidade de conseguir essa vitória!

Cervejaria Coors

Um exemplo de inovação em meio à crise foi o da cervejaria Coors, que fica em Golden, uma cidade do estado do Colorado nos Estados Unidos. Essa cervejaria, que existe desde 1871, passou por problemas na década de 1920, quando, nos Estados Unidos, se fez valer a Lei Seca, que proibia a produção, estocagem e venda de bebidas alcoólicas.

Nessa época, vendo seu negócio se tornar ilegal, a Coors criou e lançou uma cerveja sem álcool, chamada de near-beer, que a salvou da falência. Usando uma dificuldade, a cervejaria enfrentou o problema e conseguiu inovar ainda no começo do século passado.

Google

O primeiro boom da internet veio no final da década de 1990, quando diversas empresas, como a Yahoo!, se tornaram gigantescas em um mercado inflacionado e alvo de uma grande bolha especulativa na bolsa de valores.

Essa bolha atingiu seu auge em 2001, quando estourou, levando consigo uma infinidade de empresas fantasmas online e também outrora gigantes do mercado, como o buscador Altavista, e abalando inclusive o Yahoo!, que perdeu mais de 90% do seu valor de mercado.

No entanto, foi com a crise das dotcoms que a Google, com um sistema de relevância de buscas inovador, um serviço de e-mail com alta armazenagem e integração, assim como a primeira rede social do mundo, o Orkut, conseguiu espaço e mostrou como a inovação pode superar uma crise.

Apple

É impossível falar de inovação sem citar a Apple. Em um mercado dominado por PCs ou, no máximo, notebooks, a Apple ousou criar um conceito de integração completamente novo, aliando simplicidade e design com apenas um toque de dedo. Aliou o computador, o iPod e o celular em um único produto e criou com isso uma legião de fãs. Assim surgiram os smartphones, tendência mundial que dominou o mercado.

Embraer

Uma empresa que se reinventou e se firmou no mercado internacional foi a brasileira Embraer. Em relação à aviação civil, ela conseguiu alcançar um custo competitivo de produção que a elevou como competidora em nível internacional. Na área militar, o modelo KC390 é referência no transporte de cargas e tropas. E na aviação executiva, a Embraer aliou perfeitamente a aerodinâmica dos aviões com um design inovador.

Nubank

A era digital contemporânea, com conexão instantânea e comunicação com tempo virtual zero, além de transferências de informação imediatas, trouxe uma grave crise para os sistemas de comunicação e bancários tradicionais, que ainda estão se adaptando aos novos paradigmas.

Ao mesmo tempo, esse contexto permitiu o surgimento de startups como o Nubank, um cartão de crédito fora do sistema bancário tradicional, sem anuidades ou tarifas e com taxas de juros mais baixas que a média do mercado, que funciona online com controle exclusivo por um app. O Nubank aliou um atendimento de excelência e uma proposta concreta que resolve problemas e conquistou com isso um importante mercado.

Uber

O Uber representa para o serviço de táxi o que o Nubank representa para os bancos. É um negócio inovador cuja existência só é possível graças à era da internet. Essa empresa de carona compartilhada prima por um serviço excelente e preços de mercado competitivos, informados ao passageiro em tempo real.

O Uber inovou principalmente ao retirar o dinheiro vivo da equação, trabalhando apenas com cobranças via cartão, e ao permitir a avaliação do motorista após o percurso. Além disso, o Uber oferece serviços diferenciados (Prime e Black) para atender a públicos distintos.

Netflix

Um dos casos mais bem-sucedidos de inovação dos últimos anos é da Netflix. A empresa de stream tem uma proposta simples e singular: oferecer conteúdo de vídeo (séries, filmes, documentários, desenhos, etc) para o cliente na hora que ele quiser, como quiser, por um preço acessível.

A ideia deu tão certo que chegou a abalar as grandes empresas do setor de telecomunicações. A Netflix não para de crescer, chegou a mais de 180 países em 2015 e está investindo em produções originais, sem perder o conceito inicial.

33e34

A 33e34 é uma empresa de e-commerce com uma proposta específica e um nicho de mercado bem direcionado: vender sapatos femininos de tamanho 33 e 34. Esse tipo de empresa tem se tornado uma nova onda na internet, com um direcionamento fino de público. Isso permite um atendimento online mais especializado, diminui o custo da empresa com marketing, facilita na aquisição de estoque e tem se mostrado uma saída inovadora em tempos de crise.

Essas são algumas empresas para servirem de inspiração para se inovar em tempos de crise. Conhece mais alguma história que queira compartilhar? Deixe nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo